CMDCA - Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Goiânia

Fechar

Publicado resultado preliminar do Edital de Chamamento Público para Seleção de Projetos do FMDCA

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Goiânia (CMDCA) e a Secretaria de Assistência Social publicaram nessa sexta-feira, 24/05, o Resultado Preliminar da Avaliação feita pela Comissão de Seleção de Projetos, ao Edital de Chamada Pública N° 01/2019 – CMDCA/SEMAS/FMDCA.

O colegiado foi responsável por analisar e julgar os projetos desenvolvidos por Organizações da Sociedade Civil (OSCs) sem fins lucrativos que auxiliam no desempenho da missão institucional do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Município de Goiânia, em conformidade com os eixos, diretrizes e objetivos estratégicos contidas no Plano de Ação e Aplicação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente estabelecidos na Resolução n° 65, de 11/12/2018.

Nessa etapa preliminar 20 entidades tiveram seus projetos aprovados perfazendo  um total de R$ 1.592.571,04 e beneficiando aproximadamente 3.383 crianças e adolescentes. Duas entidades foram desclassificadas e uma entidade teve seu projeto eliminado.

As entidades que porventura não tenham tido suas propostas habilitadas poderão apresentar recurso da decisão da Comissão entre os dias 27 a 29 de maio, das 8h às 17h, na Secretaria Executiva do CMDCA Goiânia.

CMDCA Goiânia

CEDCA e CMDCA Goiânia discutem sistema socioeducativo

19 de junho de 2019

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente de Goiás (CEDCA) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Goiânia (CMDCA), convocaram Assembleia Extraordinária Ampliada para discutir a situação do sistema socioeducativo no Estado de Goiás, em especial, o Centro de Atendimento Socioeducativo e os últimos acontecimentos. A reunião…

Precariedade do Case é denunciada

17 de junho de 2019

Thalys Alcântara Um relatório divulgado no mês passado pelo Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT) aponta uma série de irregularidades no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Goiânia. O documento foi baseado em uma visita técnica no dia 28 de setembro do ano passado e contém várias recomendações para adequar a unidade…

Facções recrutam jovens

16 de junho de 2019

Editorial Reportagem nesta edição dominical dá conta de como as facções criminosas contribuem para a instabilidade no sistema socioeducativo de Goiás, onde adolescentes infratores cumprem medidas impostas pela Justiça. A situação se mostra potencialmente explosiva, na medida em que reproduz a lógica já implantada nos presídios. Importante destacar que a influência do crime organizado começa…

Presença de grupos já era de conhecimento interno

15 de junho de 2019

Thalys Alcântara A presença de facções criminosas dentro do sistema socioeducativo já foi relatada pelo POPULAR em outras ocasiões. No entanto, é a primeira vez que indícios materiais disso são divulgados. Em reportagem do dia 10 de janeiro de 2018, quando 11 fugiram do Case, um servidor afirmou que haveria comunicação entre presos do sistema…

Ler mais notícias